Slider 5
1 2 3 4

Mascote da Semana

Hoje o mascote é da leitora Isaah..... A lindinha que vem por aí se chama Maya e é a coisinha mais lindeza desse mundo!
Essa era minha cachorrinha Maya. Eu ganhei ela de presente minha mãe,ela ficou um tempinho com a gente e depois morreu. Depois descobri que quando minha mãe comprou, ela já veio doente. Eu me senti muito triste pois foi minha primeira cachorra e sonhei com isso á vida toda. Quero dizer pra todas as pessoas que vêem o blog, que dê valor ao seu animalzinho como se fosse seu ultimo dia com ele, pois doi demais perder alguém que a gente ama !
  Obrigada pela oportunidade, e estou torcendo pra que minha Maya apareça no mascote da semana !

Fiquei triste demais ao ler o depoimento da Isaah pois sei que os animais são parte da nossa família e são muito amados mas tenha certeza flor que ela está num lugar bem melhor e lembre-se sempre dos bons momentos que vocês passaram juntas viu?! Sei que nada nem ninguém vai substituir essa perda mas tente adotar ou comprar uma nova cachorrinha para alegrar sua vida pois vale a pena! 
Tenho certeza que ela virou uma linda estrelinha!
Super bjo

4 comentários:

  1. Que gracinha...

    http://universonefertiti.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que lindinho

    Bjus
    Rose
    www.cantinhodimulher.blogspot.com
    Twitter:@rosealoy

    ResponderExcluir
  3. Poxa, que pena.
    Era linda mesmo!!!

    ResponderExcluir
  4. Que lindinha! Q pena q a Maya se foi...eu sei como é tão dolorido perder um(a) Amighinho(a)....eu recentemente perdi meus dois gatos, que simplesmente sumiram,desapareceram...mas antes isso do que vê-los morrer...é triste demais e dói muito. Sempre amei esses bichinhos e hj tenho apenas uma cadelinha pintcher, a shakira, que é a princesinha daqui de casa. Vou te enviar algumas fotos dela.

    gde bjo!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
29 anos
31 anos, Mãe de duas Princesas, Maquiadora, Casada, Viciada em makes e afins e adora escrever!
 
By Iâni Naíra